Pesquisa

Projeto “Aprendendo Ler” tem início nas Escolas Indígenas do RS PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Ter, 10 de Março de 2015 20:40

O projeto “Venhrán Kinhrãn”, que significa “Aprendendo Ler” em língua Kaingáng, do Instituto Kaingáng (Inka), teve início nas escolas indígenas da Terra Indígena Serrinha (RS), nesta terça (10).

 

Selecionado pelo Prêmio Leitura para Todos da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), a proposta do projeto destaca iniciativas de leitura junto ao público infanto-juvenil das Escolas Estaduais e Municipais Indígenas da aldeia Serrinha (RS), do povo Kaingáng.

Literatura Indígena em Alta

Ao longo de 2015, o “Aprendendo Ler” promoverá oficinas de leitura com autores e escritores indígenas, com utilização de suas obras, publicações e documentários audiovisuais junto aos alunos (crianças e adolescentes), tendo em vista o fortalecimento da identidade cultural indígena e auto-estima.

Entre os escritores indígenas, estão os renomados Daniel Munduruku, Vãngri Kaingãng, Olívio Jekupé e Cristino Wapichana.

Nesta primeira etapa, o “Aprendendo Ler” conta com a presença da artista, arte educadora e escritora indígena Vãngri Kaingáng.

Ponto de Leitura Kanhgág Kanhró

O projeto é desenvolvido pelo Ponto de Leitura Kanhgág Kanhró, vinculado ao Ponto de Cultura Kanhgág Jãre, sediado na Terra Indígena Serrinha (RS). O Ponto de Leitura se trata de uma biblioteca comunitária, com acervo diversificado, dedicando-se prioritariamente às iniciativas de promoção e divulgação da literatura infanto-juvenil produzida por autores indígenas, como também à necessidade de fortalecimento da identidade cultural indígena junto às gerações atuais.

 

Jovens Kaingáng da aldeia Serrinha no Rio Grande do Sul

última atualização em Qui, 16 de Abril de 2015 11:36
 

Você não tem permissão para enviar comentários.

 

Enquete

O que você achou do novo Portal?